Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P.
CentenárioFacebook
20
VAIRÃO LABORATÓRIO NACIONAL DE REFERÊNCIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR
  • OBJETIVOS

    Objetivos

     

    O projeto INIAV VAIRÃO - Laboratórios Nacionais de Referência de Segurança Alimentar aprovado no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte - ON.2 – O Novo Norte, integrado no QREN 2007-2013 e financiado pelo FEDER, enquadra-se na estratégia de desenvolvimento do INIAV em concentrar no Polo de Vairão, Vila do Conde, parte significativa das suas atividades laboratoriais no âmbito da segurança alimentar.

    Este projeto, aprovado pela Comissão Diretiva do ON.2, em 28 de março e 3 de abril de 2014, teve um custo total de 1.117.979€, a que correspondeu um custo elegível da operação de 827.998,47€ e uma comparticipação FEDER de 662.398,78€.

    A operação entretanto já concluída a 30 de junho de 2015, possibilitou dotar o INIAV-Vairão dos equipamentos e condições que lhe permitem exercer a totalidade das funções de Laboratório Nacional de Referência de Segurança Alimentar e dar continuidade à execução dos controlos oficiais de acordo com os critérios comunitários e ser capaz de alargar a sua esfera de atuação a novos contaminantes e a problemas emergentes que atualmente são externalizados para laboratórios congéneres europeus pela inexistência de resposta adequada do nosso país contribuindo para a minimização de riscos de contaminação química dos alimentos com impacto na saúde pública e no ambiente.Permitiu ainda que o Laboratório de Vairão, dado o seu posicionamento geográfico, tenha um papel central no apoio aos industriais do setor.

    Possibilitou, também, constituir um polo de investigação na área da segurança alimentar privilegiando a ligação deste Laboratório às Universidades e Institutos Politécnicos no sentido de criar um fluxo de sinergias designadamente em mestrandos, doutorandos e pós-doutorados atraídos pela possibilidade de utilizarem saberes, experiencia e instrumentos analíticos altamente diferenciados. A zona Norte do país ficou assim dotada de uma estrutura laboratorial de referência, única em Portugal, que poderá funcionar como um polo de apoio e de transferência de tecnologia para as fileiras da produção e transformação animal e vegetal.

    A aquisição de equipamento analítico e demais apetrechamento no âmbito deste projeto permite alcançar os seguintes objetivos:

    1. Consolidar a instalação e desenvolvimento dos Laboratórios Nacionais de Referencia de Segurança Alimentar;

    2. Desenvolver metodologias analíticas multiresíduos, especialmente na deteção de antimicrobianos e pesticidas, proceder à sua acreditação de acordo com os critérios comunitários, alargando, desta forma, a contribuição do INIAV na execução dos controlos oficiais aos alimentos;

    3. Expandir o Sistema Laboratorial de Gestão da Informação (LIMS);

    4. Adaptar as instalações existentes por forma a proporcionar boas condições de trabalho aos técnicos e de instalação aos equipamentos;

    5. Promover as bases necessárias à criação de um polo de investigação aplicada capaz de dar apoio científico e tecnológico às empresas da fileira agroalimentar nacionais, com especial enfoque na região em que se insere.

     

     
  • EQUIPA TÉCNICA

    Equipa técnica

    Coordenador:

    Doutor Jorge Manuel da Silva Barbosa

    Gestora da Infraestrutura:

    Mestre Zulmira Maria da Costa Coelho Lopes

    Técnicos:

    Dr.ª Sílvia Barros
    Engª Graça Melo
    Dr.ª Andreia Freitas
    Dr. Augusto Monterroso
    Dr.ª Ana Sofia Vila Pouca
    Engª Paula Brito
    Engª Ana Carcajeira
     
  • PROGRAMA

    Programa

    A contaminação dos alimentos tem um impacto negativo sobre a segurança e qualidade dos mesmos, e, geralmente, constitui um sério risco para a saúde dos consumidores. Neste contexto é fundamental um controlo apertado por parte das entidades reguladoras, designadamente com a execução de um conjunto de Planos Nacionais e Programas Oficiais, para garantir a aplicação da legislação ao longo de toda a cadeia alimentar (do prado ao prato). A análise de amostras colhidas no âmbito dos Controlos Oficiais constitui parte fundamental do sistema de controlo.

    A aquisição de equipamentos de cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massa sequencial do tipo triplo quadrupolo (LC-MS/MS, QqQ) ou tempo de voo (LC-MS/TOF, QqTOF), bem como a beneficiação das instalações, da rede de frio e a expansão do Sistema Laboratorial de Gestão da Informação (LIMS), vão permitir o desenvolvimento das metodologias analíticas multiresíduos e a sua validação e acreditação, de acordo das com os requisitos da Norma ISO NP 17025), para a análise de resíduos em produtos alimentares de origem animal e vegetal dos seguintes grupos de compostos

    • Medicamentos Veterinários com Limite Máximo de Resíduo;
      (p.ex. antibióticos, antihelmínticos, corticosteroides, anticoccídeos)
    • Hidrocarbonetos Aromáticos Policíclicos (PAHs);
      (p.ex. benzo[a]antraceno, benzo[a]pireno, benzo[b]fluoranteno, and criseno)
    • Micotoxinas;
      (aflatoxina B1, total aflatoxinas, ochratoxina A, patulina, deoxinivalenol, zearalenona, fumonisinas B1 & B2 toninas T-2 & HT-2)
    • Pesticidas,

    que permitirão a concretização do reforço da atividade do Laboratório do INIAV em Vairão como Laboratório Nacional de Referência e Laboratório Oficial no âmbito dos Planos Oficiais de Controlo.

    Equipamento analítico adquirido:

    • Sistema UPLC-QTRAP [AB Sciex 5500]
    • Sistema UPLC-TripleTOF [AB Sciex 5600]
    • Evaporador de amostras [TurboVap LV Biotage]
    • Gerador de azoto [Sysadvence]
     
  • IMPRENSA
     
  • CONTACTOS

    Contactos

    INIAV – Sede:

    Av. da República, Quinta do Marquês
    2780-157 Oeiras – Portugal
    Tel: (+351) 214 403 500
    Fax: (+351) 214 416 011
    E-mail:geral@iniav.pt

     

    INIAV - Pólo de Vairão:

    Rua dos Lagidos, Lugar da Madalena
    4485-655 Vairão Vila do Conde
    Tel: (+351) 252 660 600
    Fax: (+351) 252 660 695

     
  • FOTOS



Governo de Portugal
w3c
acessibilidade
seara.com