Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.      (+351) 214 403 500
Google Translate logo
ptenfrdeites

Notícias +Coelho

noticia 2 maiscoelho

No âmbito da vigilância sanitária das populações de leporídeos no contexto do
Plano de Ação para o Controlo da Doença Hemorrágica Viral dos Coelhos
(Despacho n.º 4757/2017 de 31 de maio), efetuou-se, uma vez mais, no dia 14
de janeiro de 2018, a colheita de material biológico em vida de coelho-bravo.
Para o efeito, a equipa do INIAV deslocou-se a Aldeia Gavinha (concelho de
Alenquer) onde procedeu à captura de coelhos-bravos, com recurso a
armadilhas, para colheita de sangue e monitorização do estado geral de saúde
dos leporídeos. Todos os animais capturados foram seguidamente libertados.

 
noticia 2 maiscoelho

No âmbito do Plano de Ação para o Controlo da Doença Hemorrágica Viral dos
Coelhos (Despacho n.º 4757/2017 de 31 de maio) e do projeto “+COELHO:
Avaliação Ecossanitária das Populações Naturais de Coelho-Bravo Visando o
Controlo da Doença Hemorrágica Viral”, está previsto o reforço das boas
práticas de gestão, incluindo um conjunto de medidas de...

noticia 2 maiscoelho

Tendo em vista a capacitação das Organizações do Setor da Caça (OSC) que integram o Grupo de Trabalho +Coelho (Fencaça, ANPC e CNCP) para a realização dessas avaliações populacionais, decorreu, nos dias 11 e 12 de janeiro de 2018, uma ação de formação teorico-prática, organizada pelo CIBIO e o INIAV, dirigida aos técnicos das três OSC que...

noticia 2 maiscoelho

No âmbito da vigilância sanitária das populações de leporídeos que decorre desde setembro passado como uma das medidas do Plano de Ação para o Controlo da Doença Hemorrágica Viral dos Coelhos (Despacho n.º 4757/2017 de 31 de maio), a equipa do INIAV do projeto +COELHO acompanhou, no passado dia 21 de dezembro, os caçadores da FENCAÇA na...

noticia 2 maiscoelho

No âmbito do projeto +Coelho, as investigadoras Margarida Duarte e Mónica Cunha acompanharam, mais uma vez, os caçadores da FENCAÇA na região de Alcaria Ruiva, no passado dia 16 de dezembro de 2017, nos atos venatórios dedicados a caça menor.
 
noticia 2 maiscoelho

No âmbito da vigilância sanitária das populações de leporídeos no contexto do Plano de Ação para o Controlo da Doença Hemorrágica Viral dos Coelhos (Despacho n.º 4757/2017 de 31 de maio), efectuou-se no início do mês de dezembro passado, colheita de material biológico em vida por solicitação dos técnicos da...

noticia 2 maiscoelho

A equipa do INIAV, responsável pelo projeto “+COELHO: Avaliação Ecossanitária das Populações Naturais de Coelho-Bravo Visando o Controlo da Doença Hemorrágica Viral”, participou na semana passada no congresso bianual Microbiotec’17, que decorre em Portugal. Este congresso internacional reúne áreas temáticas importantes como a Microbiologia da...

noticia 2 maiscoelho

No âmbito da vigilância sanitária das populações de leporídeos, prevista no Plano de Ação para o Controlo da Doença Hemorrágica Viral dos Coelhos (Despacho n.º 4757/2017 de 31 de maio) e enquadrada no projeto “+COELHO: Avaliação Ecossanitária das Populações Naturais de Coelho-Bravo Visando o
Controlo da Doença Hemorrágica Viral”, a equipa do...

noticia 2 maiscoelho

No âmbito da vigilância sanitária das populações de coelho-bravo desenvolvida no seio do Projeto +Coelho, foram testadas, desde setembro de 2017, mais de 200 amostras de leporídeos recolhidas pelos técnicos das Organizações do Setor da Caça (FENCAÇA, ANPC e CNCP). As análises têm sido realizadas nos Laboratórios Nacionais de Referência de Saúde...

noticia 2 maiscoelho

No âmbito da vigilância sanitária das populações de coelho-bravo, prevista no Plano de Ação para o Controlo da Doença Hemorrágica Viral dos Coelhos (Despacho n.º 4757/2017 de 31 de maio) e no projeto “+COELHO: Avaliação Ecossanitária das Populações Naturais de Coelho-Bravo Visando o Controlo da Doença Hemorrágica Viral”, o grupo +Coelho detetou...

noticia 2 maiscoelho

Decorreu no passado dia 12 de novembro uma ação de formação complementar no campo, em Corte Gafo de Cima, aos técnicos e caçadores da Federação Alentejana de Caça (FAC) e da Federação de Caçadores do Algarve (FCA).